ESPERE A TEMPESTADE PASSAR...



Não sou mais aquele garoto que morava numa casa de madeira com o telhado de amianto. Naquela época eu tinha trauma de tempestades, qualquer vento que batia nas palmeiras era motivo para eu me assustar e correr para casa chamando o meu pai. Durante essa parte da minha infância as minhas memórias são recheadas de telhas voando em meio as chuvas e correria para salvar algum eletrodoméstico. Mas as coisas melhoraram e nos mudamos para uma casa mais segura e confortável, com o tempo o medo foi ficando para trás e se transformou em força e estabilidade. A realidade atual é outra, mas eu aprendi uma lição que vale para qualquer momento da vida, não importa o quão forte seja uma tempestade, o quanto ela te abale, sempre haverá o momento de paz após a sua passagem. E é nesse momento que se observa que apesar da insegurança, ela é necessária para sermos mais fortes.

Escrito por: André Ferrari