Rendo louvores a Ti, ó meu Deus, porque me fizeste despertar do meu sono

Rendo louvores a Ti, ó meu Deus, porque me fizeste despertar do meu sono, ressurgir após o meu desaparecimento e ressuscitar da minha letargia. Acordei esta manhã com a face voltada para os esplendores da Estrela Dalva da Tua Revelação, pela qual são iluminados os céus de Teu poder e Tua majestade, reconhecendo Teus sinais, acreditando em Teu Livro, e segurando-me à corda do Teu amparo.
Suplico-te pela eficácia da Tua Vontade e pelo poder supremo do Teu Desígnio – faças daquilo que me revelaste em sono o mais seguro alicerce para as mansões do Teu amor nos corações dos Teus amados e o melhor instrumento para a revelação dos sinais de Tua graça e mercê.
Destina-me, ó meu Senhor, através de Tua Pena excelsa, o bem deste mundo e do vindouro. Atesto que em Tuas mãos está o domínio sobre todas as coisas. Tudo alteras como Te apraz. Nenhum outro Deus há salvo Tu, o Forte, o Fiel.
És Quem transforma, por Seu mando, humilhação em glória, fraqueza em força, debilidade em poder, medo em calma, dúvida em certeza. Não há outro Deus além de Ti, o Poderoso, o Benévolo.
Jamais faltas a quem Te haja buscado, nem Te afastas daquele que por Ti anseia. Destina-me o que for digno do céu da Tua generosidade e do oceano do Teu favor. És, verdadeiramente, o Todo-Poderoso, o Potentíssimo.