MARIDO FAZ POST INCRÍVEL SOBRE "VIDA REAL" DA ESPOSA E COMOVE MULHERES NO MUNDO TODO VEJA!

O norte-americano Bobby Wesson tirou uma foto de sua esposa durante um cochilo e postou, junto a uma bela homenagem, em seu perfil no Facebook. Pouco tempo depois sua postagem já havia chegado a mais pessoas que qualquer outra de suas publicações. Veja a seguir o emocionante texto de Bobby sobre sua esposa que comoveu mulheres no mundo inteiro e, com certeza, também vai te tocar.
Repercussão
O post de Bobby chegou a mais de 650 mil curtidas e mais de 150 mil compartilhamentos. Entre os comentários deixados em seu Facebook, muitos enfermeiros e enfermeiras como sua esposa o agradeceram por valorizar a profissão. “Enfermeiros doam tudo. Anjos muito especiais mandados por Deus. Eles nunca recebem todo o crédito. Eu te agradeço”, disse um deles.
Outras pessoas elogiaram a admiração e o amor de Bobby por sua esposa. “É preciso ser um ótimo marido para valorizar e gostar da esposa desse jeito”, escreveu um seguidor. “Sua homenagem à sua maravilhosa esposa/enfermeira também nos mostrou o quão sortuda ela é".

Declaração de admiração de Bobby à esposa 


Post de Bobby Wesson.
“Essa é minha esposa tirando um cochilo. Em uma hora, ela vai acordar, se vestir e ficar pronta para o trabalho. As ferramentas e itens que ela precisa para trabalhar estarão meticulosamente arrumados e checados – seu cabelo e maquiagem estarão prontos rapidamente. Ela vai reclamar de sua aparência. Eu vou discordar enfaticamente e vou lhe dar uma xícara de café.
Ela vai sentar no sofá com as pernas cruzadas e tentar beber seu café enquanto brinca alegremente com a criança em seu colo.
Ela vai olhar para o nada enquanto conversamos; silenciosamente se preparando para um novo turno. Ela acha que eu não percebo.
Ela vai beijar o bebê, ela vai me beijar e vai partir para cuidar de pessoas que estão tendo os piores dias de suas vidas. Acidentes de carro, ferimentos de bala, explosões, queimaduras e fraturas – profissionais, pobres, pastores, viciados e prostitutas – mães, pais, filhos, filhas e famílias – não importa quem você é ou o que aconteceu a você.
Ela vai cuidar de você.
Ela vai voltar para casa 14 horas depois e tirar os sapatos que andaram por sangue, bile, lágrimas e fogo de seus pés doloridos e deixá-los lá fora.
Às vezes ela não vai querer falar sobre isso. Às vezes ela mal pode esperar para falar sobre isso.
Às vezes ela vai rir até chorar e às vezes ela vai apenas chorar – mas apesar desses “às vezes” ela estará lá para seu próximo turno.
Minha esposa é uma enfermeira. Minha esposa é uma heroína.”