A importância de orar pelos filhos

Convido você a hoje meditar e orar sobre a grande graça e responsabilidade de educar filhos de Deus. São muitos os desafios enfrentados pela família em cada etapa do desenvolvimento dos filhos, porque cada filho é diferente e cada etapa pede de nós uma nova maneira de atender às suas necessidades.
Mas quando enfrentamos em Deus tais desafios, sempre crescemos junto com cada filho. Toda criança é um dom único de Deus: tem características particulares que nenhuma outra tem e assim precisa ser vista por nós, como Deus nos vê. Eles não são uma “segunda edição” nossa, mas alguém único, especial. Por outro lado, seria absurdo transmitir-lhe a falsa noção de que é o centro do mundo e de que tudo é feito para ele. Ao contrário, é preciso que desde cedo lhe seja transmitido, na pedagogia própria para sua idade, que Deus é o centro do mundo e ele é um Dom que vem de Deus para o mundo.
Muitas são as crianças, criadas com a mentalidade de que o mundo e até as outras pessoas são simplesmente como objetos para serem consumidos, e às vezes chegam à idade adulta sem sentido de vida. Muitas se tornam depressivas e acabam se perdendo na droga, na prostituição, na marginalidade, ou ainda se tornam adultos egoístas que influenciarão a sociedade numa mentalidade cada vez mais destruidora.
Que nesta visita de Nossa Senhora à nossa família, sejamos ungidos pelo Espírito Santo com o dom da Sabedoria, que vem do alto, e é muito diverso da sabedoria mundana. Que o Espírito Santo, pela intercessão de Nossa Senhora e de seu Filho nos conceda a graça de educar filhos para o amor. Que o amor supere o egocentrismo.
Oramos também por todos os educadores, pelas Escolas e Universidade e professores para que se tornem instrumentos eficazes de uma cultura de vida e não de morte.
Que todo estudo seja submetido à Palavra de Deus que é a maior instrução que podemos dar aos nossos filhos, a fim de ser o ponto de equilíbrio para discernir todas as muitas informações que eles recebem cada vez mais rapidamente nos dias de hoje.
A fim de que a cultura de nossos filhos seja dirigida a favor da vida, vale aqui o ensinamento Bíblico que diz: “Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus, é o único Senhor. Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças. Os Mandamentos que hoje te dou serão gravados no teu coração. Tu os inculcarás a teus filhos, e deles falarás seja sentado em tua casa, seja andando pelo caminho, ao te deitares e ao te levantares. Ata-lo-ás á tua mão como sinal, e o levarás como uma faixa frontal diante dos teus olhos. Tu os escreverás nos umbrais e portas de tua casa” (Deuteronômio 6,4-9).
Quando a Palavra de Deus é proclamada e vivida pelo menos por um dos pais ou outro responsável direto pela criança, torna-se possível fazê-la passar a cada manhã da pergunta: – “O que a vida tem para me dar hoje?”, para a pergunta: “O que a vida me pede hoje?”. Esta será a cura diária de todo egocentrismo que leva à morte.
É a favor da vida de nossos filhos que nós pais precisamos exercitar nossos filhos a fazer, desde cedo e conforme sua capacidade,escolhas, que impliquem em satisfações, mas também em responsabilidades. Assim,estaremos ajudando a povoar o mundo de adultos santos, capazes de optar pela verdadeira vida que só na vontade de Deus se encontra.
Que o Senhor resgate a nossa fé como pais, a fim de que oremos com toda confiança pelo futuro de nossos filhos, para que estes sejam resgatados de onde estiverem hoje para a verdadeira felicidade que só se encontra na vontade de Deus.
Fonte: Aleteia