Ela foi largada no altar, então decidiu dar a volta por cima do melhor jeito possível.

Após ser abandonada no altar depois de um longo relacionamento, Katy Colins largou tudo para perseguir um sonho de infância. A primeira coisa que fez foi pedir demissão, depois vendeu a casa, carro e "tudo o que não caberia em uma mala" a fim de viajar o mundo e tornar-se uma vivida escritora.
A britânica de 30 anos contou que comprou uma passagem só de ida para a Tailândia - de onde viajou para a Índia Nepal.


"-Todos pensaram que eu estava meio louca, porque eu nunca tinha viajado sozinha, mas isso me pareceu o certo a fazer", conta ela. "Eu precisava de um tempo longe de tudo e de todos para me encontrar". 

Katy  sempre desejou escrever um livro, por isso criou um blog para documentar a viagem e começou a ganhar leitores. "-Eu recebi mensagens de homens e mulheres dizendo que meu blog era uma inspiração", disse Katy que é formada em Jornalismo e trabalhava em um cargo de relações públicas no aeroporto de Manchester (Inglaterra). "- Afinal, só porque fui 'largada' não precisava ficar chupando sorvete. Usei isso como catalisador para algo melhor e maior".


 Durante a viagem, Katy recebeu uma ligação de um editor que lhe ofereceu uma proposta e agora ela vai lançar seu primeiro livro, segundo ela terá o título "a história de uma 'Bridget Jones mochileira'".
"-Experimentei coisas que eu nunca teria achado possível, mas o melhor é ser chamada de escritora. Nada se compara a isso".
"-Eu sou uma grande otimista e acredito que tudo acontece por uma razão. A vida é sobre a dizer sim, ser corajosa e saber que tudo vai acabar bem".

Katy ainda passou por outros países como o Chile, Bolívia, Peru, França, Holanda e Brasil. Veja mais fotos em: instagram.com/notwedordead


Fonte: buzzfeed.com