ELE VENDE CANETAS PARA SOBREVIVER. MAS UM ESTRANHO TIRA UMA FOTO DA SUA FILHA E ISSO ACONTECE


Abdul Halim al-Attar é um refugiado sírio que foi flagrado vendendo canetas pelas ruas de Beirute, no Líbano. Depois de fugir dos conflitos do seu país, Abdul estabeleceu-se na cidade e começou a vender canetas para sobreviver junto a sua família.

Recentemente, um estranho acabou fazendo uma foto enquanto Abdul tentava convencer as pessoas a comprar as canetas carregando sua filha no colo.



A foto tornou-se viral e tocou o coração de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Felizmente, uma campanha online conseguiu arrecadar fundos para Abdul e sua família no total de $200,000!

Abdul então teve uma das ideias mais criativas e justas do mundo, ele investiu sabiamente o dinheiro que recebeu em diversas lojas no Líbano. Além disso, contratou outros refugiados sírios para trabalharem nas suas lojas. Parte do dinheiro também foi destinado a ajudar amigos e parentes em crise na Síria.



"O dinheiro não salvou apenas a mim, mas mudou a vida da minha família e das pessoas na Síria que eu ajudei", disse Abdul.

Fonte: bestofweb.com.br