Os 5 Maiores Vilões do Relacionamento


Confira os Maiores vilões do Relacionamento, As razões que levaram cada casal à decisão de estarem juntos podem ser as mais variadas possíveis. O que podemos nos certificar é que em comum a todas elas, tem-se o desejo de que a união dê certo.Afinal, o dia a dia de qualquer casal nem sempre será flores e, por isso, o exercício da tolerância, flexibilidade e cumplicidade tornam-se fundamentais. Exatamente por não se tratar de um conto de fadas são diversos os relacionamentos que invariavelmente enfrentam crises, mas o agravamento e cronicidade delas podem culminar em sérios prejuízos para a relação. Então, confira os 5 Maiores vilões do Relacionamento.
1. Falta de Respeito: Este tópico pode aparecer claramente durante qualquer discussão de um casal. Quando falamos de um relacionamento saudável, durante um desentendimento ambos conversam e compartilham pontos de vistas, para que mais elucidados possam encontrar um denominador comum e seguir a diante. Mas, quando diante de conflitos, o casal age com ironia, sarcasmo, acusando, inferindo ou mesmo agredindo ao ponto de desqualificar e machucar o parceiro, estamos antes de tudo frente a muita falta de educação e, com certeza, de muito desrespeito.
2. Falta de Tempo: A rotina caótica da contemporaneidade sem dúvida alguma é agravante no dia a dia de qualquer um de nós. Mas, se escolhemos nos relacionar e construir uma família, precisamos de alguma forma administrar melhor o tempo, preservando a qualidade das relações. Costumo dizer que relações são como plantinhas, que se não regadas com periodicidade, murcham e morrem. Assim funcionam os relacionamentos amorosos: precisam de tempo dedicados às atividades de lazer, entretenimento, momentos de relaxamento e, principalmente, períodos de namoro.
3. Infidelidade: A infidelidade é um dos principais Vilões do Relacionamento. Além disso, é quase mortal para a relação. Poucas pessoas possuem a capacidade de superar por completo uma traição. Normalmente a traição gera uma quebra quase irrecuperável da confiança, que carateriza um golpe profundo no amor. Além disso, promove naturalmente um distanciamento físico entre o casal.
4. Ciúme Excessivo: O ciúme é natural numa relação amorosa. É sinal de cuidado, de que o outro é importante e que a perda gera incômodo. Até ai nenhum problema. O problema surge quando ele ultrapassa os níveis normais e começa a gerar controle excessivo da vida do parceiro. Começa a gerar invasão de privacidade e desconfianças excessivas. Fatos sem qualquer relação com uma traição passam a ser vistos como indícios de infidelidade. Nesses casos o veneno começa a fazer efeito e a relação começa a sofrer.
5. Orgulho em Excesso: O orgulho é o traço da personalidade que é o maior inimigo da humildade. O orgulho em excesso gera grande dificuldade de reconhecimento e correção de erros. Daí surge uma rigidez de posicionamentos o que dificulta bastante a acomodação da relação e as necessárias adaptações de comportamento para a harmonia do casal. Vale lembrar o dito popular: “quem vive de orgulho, morre de saudades”.