Policial que salvou bebê de carro submerso diz ter ouvido ‘voz de anjo’


Quase um ano depois de Lily Groesbeck, na época com 1 ano e seis meses, ser resgatada de um carro parcialmente submerso por 14 horas, um dos policiais que a salvou afirma ter ouvido a voz de uma mulher pedindo ajuda. Para ele, seria uma prova da existência de anjos.
Em março de 2014, a mãe de Lily, Jennifer Groesbeck, morreu após o carro que ela dirigia cair em um rio em Utah (Estados Unidos). O veículo foi encontrado por um pescador, que acionou o serviço de emergência. A menina foi resgatada em estado grave – com hipotermia, mas consciente – e se recuperou.
Agora, o policial Tyler Beddoes, que participou do resgate e tem dez anos de experiência, publicou um livro intitulado “Proof of Angels” (Prova dos Anjos, em tradução livre), no qual afirma conta que a experiência no resgate de Lily solidificou sua fé.
Os quatro oficiais que participaram da ação afirmam terem ouvido a voz de uma mulher pedindo ajuda. Em um vídeo (veja abaixo) feito durante o resgate é possível ouvir uma voz abafada que pede ajuda – por volta dos 2 minutos de gravação. Em resposta, um oficial diz: “Estamos te ajudando, estamos chegando”.
Os policiais afirmam que essa voz deu motivação para que trabalhassem mais rápido, pois passaram a acreditar que havia algum sobrevivente no veículo. Encontraram a mãe, morta há algumas horas, e Lily.
Fonte: RedeTv