Não se pode esperar quem não quer ser esperado

Não podemos pôr nosso empenho em esperar alguém que não quer vir a nós. Por quê? O que está em jogo são nossas ilusões e nosso bem-estar, ou seja, nossa perspectiva de vida.
Estar à disposição de alguém que nos ignora ou que não nos valoriza nos faz muito mal e diminui nossas capacidades emocionais, desorganizando nosso mundo e fazendo com que nossa vida dependa de outra pessoa.
Nesse sentido, costuma-se dizer que a única maneira de evitar esses problemas é amarrando nossa vida a metas e objetivos, e não a pessoas ou objetos. O segredo está dentro de nós mesmos.

Entretanto, como nos educaram desta maneira, é muito complicado se libertar das expectativas que temos frente ao mundo. De fato, mesmo tendo muito claro que quem espera pode se decepcionar, não podemos evitar pensar que possivelmente isso não nos aconteça desta vez.

Este trabalho interior não é tão fácil como parece ser. Em primeiro lugar, devemos estar dispostos a eliminar as falsas crenças que nos perturbam. Vejamos como é o processo com mais atenção…
A fragilidade do amor

Não espere; liberte-se e voe

Vives de esperanças mas não sabes nem que esperas…
– Julio Cortázar –
Em algumas ocasiões, as expectativas sobre outros ou sobre o mundo nos afligem. Entretanto, a verdade é que é complicado eliminá-las, pois precisamos delas para viver e nos organizar.
Devemos levar em conta que o fato de não direcionarmos nossas vidas de acordo com as expectativas e decisões de outras pessoas não significa que devemos deixar de considerar o resto do mundo. Ou seja, esta libertação não consiste em sermos egoístas e seguirmos em frente sempre sozinhos.

Desapegar-se dos excessos

Hoje lhe deixo em liberdade. Hoje me esqueço de meus medos. Hoje começo a me valorizar. Hoje sigo adiante. Hoje deixo de esperar.
Quando começamos a nos libertar, empreendemos a viagem da honestidade e da responsabilidade com nós mesmos.  O que a princípio pode parecer tedioso, com o tempo nos oferecerá tranquilidade e paz.
O peso do amor
Nestes momentos, você percebe que tem as rédeas da sua própria vida, de forma exclusiva. Para ser feliz não é necessário esperar uma ou outra pessoa, pois a felicidade está dentro de você.
Como vivemos dizendo, não é bom que nosso bem-estar e nossa satisfação dependam da contribuição dos demais, pois eles nunca poderão cobrir as nossas necessidades. Só nós podemos fazer isso.

Por outro lado, é importante que assumamos que tudo muda e que aceitemos a realidade. Neste mundo não há nada que seja permanente.
Outra das âncoras que nos mantêm imóveis frente a realidade é o medo do fracasso emocional e sentimental. Esse medo surge como uma enorme montanha que ninguém se atreve a ultrapassar. Para superar isso você terá que se desligar dessas crenças, saber perdoar e não se castigar sem motivo. Isso permitirá que nos dediquemos ao que verdadeiramente importa: o momento presente.
De uma maneira ou de outra, temos que assumir que as perdas vão acontecer cedo ou tarde. A permanência dos sentimentos e das pessoas é uma ideia muito idílica e diferente da realidade.

FONTEA Mente É Maravilhosa