A NASA descobriu que tudo o que diz a Bíblia é real



Hoje veremos como tudo em relação à veracidade da Bíblia parece ter sido resolvido. A NASA finalmente aceitou tudo o que diz na Bíblia depois deste incrível achado…

Durante milhares de anos acreditou-se que os seres humanos teriam escrito a Bíblia. Isto deveria estar certo. No entanto, a NASA acabou de confirmar que o que realmente conta as Sagradas Escrituras foi inspirado por Deus. Este Deus seria totalmente real e sua palavra é a única verdadeiramente válida neste mundo. Tudo o que ocorreu e que ocorrerá no futuro está registrado nas escrituras. Para os cientistas, tudo isto era mito, mas agora a verdade veio à tona.
O senhor Harold Hill, presidente da empresa automotiva Curtis de Baltimore, Maryland e conselheiro do programa espacial, relatou o seguinte incidente: “Uma das coisas mais assombrosas relacionadas com Deus aconteceu com nossos astronautas e cientistas espaciais da Green Belt, Maryland. Estavam verificando a posição do Sol, da Lua e dos planetas para saber onde se encontrariam dentro dos próximo cem e mil anos. O que viram deixou todos perplexos…”.
Isto é um requisito indispensável para o envio de satélites ao espaço, já que poderiam causar choques com algum meteoro ou planeta. É indispensável projetar a órbita em termos de vida do satélite e saber qual posição tem cada planeta para que nada seja destruído. Então decidiram que poderiam começar a fazer esta representação e, sendo assim, começaram o processo de viajar séculos depois. De repente, a máquina parou.
O computador começou a emitir um sinal de alerta vermelho indicando um erro nos dados de entrada ou nos resultados a ser comparados com as normas estabelecidas do universo. A oficina de manutenção revisou a máquina e seus técnicos afirmaram que ela estava em perfeito estado. Qual era o problema? O diretor do IBM deu a seguinte resposta: “Nós descobrimos que falta um dia no universo do tempo transcorrido na história”
Os cientistas, por mais que tenham tentado, não encontraram uma resposta eficaz para este mistério. Mas na equipe havia um jovem muito religioso que deu sua opinião sobre o tema: “Uma vez eu ouvi na igreja, durante um seminário, que o Sol se deteve”. Seus companheiros obviamente não acreditaram então lhe pediram que ilustrasse esta ideia. Então ele pegou sua BÍBLIA e exibiu no livro de Josué algo bastante ridículo para alguém com “senso comum”.
Nesta passagem Deus dizia a Josué: “Não tenha medo, porque com o que Eu entreguei em suas mãos, nenhum deles poderá resistir”. Josué era um homem que estava preocupado porque o inimigo tinha lhe cercado e se escurecesse acabariam com ele. Então ele pediu a Deus que parasse o Sol e assim se crê que aconteceu. “O Sol se deteve e a Lua parou… E não se apressou a descer por um dia inteiro”. Era esta a solução que haviam procurado por tanto tempo?
Os engenheiros do Programa Espacial exclamaram assombrados: “Este é o dia que falta!”. Rapidamente retrocederam o tempo até a época descrita na Bíblia e descobriram que estavam muito próximos, mas não era o momento exato. O período de tempo que faltava era de 23 horas e 20 minutos, mas não era um dia completo. Depois disto, leram novamente o que dizia a Bíblia: “Quase um dia inteiro”(Josué10:13). Graças a isto, parte do tempo havia sido solucionado. No entanto, ainda havia 40 minutos perdidos.
Se não aparecesse, haveria grande discrepância nos cálculos espaciais. Por sorte, o investigador cristão lembrou que a Bíblia disse que um dia o Sol retrocedeu. No livro dos Reis, capítulo 20: 8-10, Ezequias pediu ao profeta Izaias uma prova da existência de Deus. Então lhe foi dito: “Sua sombra cairá 10 graus”. Isto é exatamente 40 minutos. As 23 horas e 20 minutos de Josué, mais os 40 minutos de Ezequias formavam um dia completo. O mistério estava resolvido!
Fonte: Para os Curiosos