Padre Marcelo Rossi diz que sua magreza é resultado de saúde


Por onde passa, a frase que Padre Marcelo Rossi mais ouve é “Como o senhor está magro!” Mas o sacerdote garante que nunca esteve tão bem de saúde. Tanto bafafá sobre o assunto fez o religioso escrever o livro “Ruah”, cujo lançamento no Rio aconteceu na tarde desta sexta-feira, na Livraria Cultura, para contar como superou uma depressão e chegou a surpreender ao perder 68kg. Destes, 13kg já foram recuperados com exercícios e acompanhamento médico.

“Estou saudável e já recuperei o que eu queria. As pessoas têm memória curta, elas esquecem. É só ver o meu filme de 2003 [‘Maria, Mãe do Filho de Deus’] e vê que eu estou com o peso daquela época. Eu estava obeso mórbido, com 128 kg, até no sentindo de falar, por conta do uso de anti-inflamatórios que eu tomava para curar a depressão que tive na época. As pessoas me viram muito inchado durante meses, e hoje estranham. Hoje, graças a Deus, estou livre e podendo ajudar os fiéis. Qualquer um percebe que eu estou normal, saudável e que não estou doente”, declarou o religioso ao jornal “Extra”.
Rossi enfatizou que continua cuidando do corpo mesmo após o período turbulento. “Vou fazer 50 anos [em maio do ano que vem] e tenho que me cuidar. Eu sempre faço atividade física. Parei de correr por causa das pessoas, porque eu quero mostrar que elas têm que buscar a saúde, praticar a caminhada. Caminho no mínimo de 10 a 12 km
Em relação ao sucesso no Instagram, onde já possui mais de 380 mil seguidores, o padre disse que usa a rede social para fazer oração. “O mais importante é mostrar para as pessoas que ninguém está fazendo por nós, que somos nós mesmos ali no Instagram, levando a palavra de Deus de alguma forma. Agora eu vou passar a usar mais o Twitter também”, concluiu.