Menina de 8 anos vai à farmácia sozinha. O que ela queria comprar levou o farmacêutico às lágrimas


Quem é que não faria de tudo para ajudar um familiar doente, até dar todas as suas poupanças e se endividar? A verdade é que para podermos tratar da nossa saúde temos de gastar muito dinheiro. E nem todo mundo tem capacidade econômica para receber bons cuidados.
Apesar de ter 8 anos, Tess sabe perfeitamente o que isso é. A garotinha norte-americana tem um irmão doente, e ouviu uma conversa entre seus pais sobre o garotinho. Eles disseram que o caso de Andrew era grave, e que precisava de uma cirurgia muito cara para sobreviver.

Só que os progenitores não conseguiam suportar os custos dessa operação. Seu pai se sentia impotente, e até chegou a dizer: “apenas um milagre poderia salvar Andrew”. Ao ouvir isto, a menina soube logo como iria resolver o problema do irmão.

Ela foi até ao seu quarto e abriu seu cofrinho. Depois, Tess retirou todas as moedas de lá e contou muito cuidadosamente, para saber quanto dinheiro tinha. Em seguida, ela saiu de casa sem que ninguém soubesse. Depois de andar 6 quarteirões, ela chegou ao seu destino: a farmácia local.

A menina esperou a sua vez para ser atendida, mas o farmacêutico não lhe prestou atenção por ser pequena. Então, Tess começou a bater os pés e a limpar garganta, mas só quando pousou as moedas no balcão é que o homem reparou na sua presença.
Irritado com a sua atitude, o farmacêutico disse:
– O que é que você quer? Estou conversando com o meu irmão, que não via há muito tempo.

Tess respondeu imediatamente:
– Eu também tenho um irmão. Ele está muito doente e eu quero lhe comprar um milagre.
O farmacêutico ficou confuso com o seu pedido. Então, Tess decidiu explicar:
– O meu irmão se chama Andrew, e tem algo ruim crescendo na sua cabeça. O meu pai diz que só um milagre o pode salvar. Por causa disso, eu quero saber quanto custa um milagre.
A postura do homem mudou completamente, e ele respondeu calmamente:

– Desculpe menina, mas nós não vendemos milagres aqui. Infelizmente, não lhe posso ajudar.
Tess voltou a insistir:
– Por favor, eu tenho dinheiro. Se não for suficiente, eu vou buscar mais. Diga-me só quanto custa!
Foi aí que o irmão do farmacêutico interveio e perguntou a Tess que tipo de milagre ela necessitava. Enquanto agarrava com força o seu mealheiro, a criança respondeu:
– Eu não sei. Mas ele precisa de ser operado e o meu pai não pode pagar, então eu pago por ele.

O senhor perguntou quanto ela tinha, e a garota prontamente respondeu:
– Um dólar e onze centavos, é tudo o que tenho.
Ele sorriu e disse:
– Que coincidência, esse é o custo exato de um milagre para o seu irmão!

O irmão do farmacêutico guardou o dinheiro e depois acompanhou Tess até casa. Quando chegaram, ele foi falar com os pais da menina. E foi aí que a reviravolta aconteceu…
Ele era na verdade um neurocirurgião, e, emocionado com a atitude da menina, se ofereceu para operar Andrew sem receber nada em troca. Os progenitores ficaram em choque, e perguntaram qual seria o preço da operação caso ele não tivesse oferecido sua ajuda.
A irmã do menino doente riu deles: até ela sabia que custava 1 dólar e 11 centavos!

Via: Aleteia