Prefeito Se Recusa Fazer Festa De Réveillon E Usa Dinheiro Para Reformar Escolas Públicas

Resultado de imagem para Prefeito se recusa fazer festa de Réveillon e usa dinheiro para reformar escolas públicas



Nos dias atuais só o que vemos são desvios de verbas públicas e corrupção atrás de corrupção. É Lava Jato, é jogada política, é tanta coisa que a gente chega se perder no meio do caminho.
Mas o prefeito de Guaraí, Francisco Júlio, fez uma surpresa muito feliz para sua cidade que fica na região central do Tocantins. Ele decidiu encaminhar o dinheiro que seria gasto na festa de Réveillon deste ano para reformar escolas municipais. Os shows, palco, som e iluminação custariam pelo menos R$90 mil e ele escolheu priorizar uma necessidade mais urgente da cidade.
pref
Escola Luis de Camões, uma das escolas reformadas pela prefeitura em 2016
O anúncio foi feito com o cálculo de R$80 mil que foram fornecidos para que a proposta seja colocada em prática. O gestor da prefeitura alega que essa decisão foi tomada devido ao atual momento econômico do país que tem influenciado os pequenos municípios, já que os repasses federais e estaduais estão diminuindo. As duas escolas que serão reformadas estavam na lista do Ministério da Educação para receber recursos financeiros para reformas, mas não foram contempladas por causa dos cortes no orçamento federal.
pref2
Escola Luis de Camões, uma das escolas reformadas pela prefeitura em 2016
As Escolas Municipais Leôncio de Sousa Miranda e Luís de Camões foram reformadas pela última vez em 2005, mas os serviços de manutenção elétrica, pintura, reparos no telhado, banheiro, ajustes hidráulicos e substituição de estruturas desgastadas começam em janeiro de 2016 e devem ficar prontas para receber os alunos no começo do ano letivo. Na Luis de Camões também serão feitas obras para melhoria da acessibilidade de pessoas com necessidades especiais. O município tem nove unidades de ensino municipal, sendo que seis delas estão na cidade e três em zonas rurais. Neste ano elas atenderam 2.109 alunos do ensino fundamental e educação infantil, todas com idades entre 1 ano e meio e 10 anos. A quantidade é superior à demanda do ano passado, quando foram atendidos 1.812 estudantes.
pref3
O prefeito também não quis gastar com enfeites natalinos em 2015. A assessoria afirmou que foram reutilizados os enfeites do ano passado e confeccionados adereços com materiais recicláveis. A inauguração da decoração foi no dia 12 de Dezembro com a presença do prefeito Francisco e a apresentação do coral “Razão em Vozes” das escolas municipais da cidade que é composto por 90 crianças. “As pessoas querem festejar, mas elas apoiaram muito mais a decisão que tomamos em reformar as escolas”, afirmou o prefeito.