Após ser desmascarado, Rodrigo Faro enfim confessa que ‘Sabia de tudo’



No último domingo, o apresentador Rodrigo Faro causou a maior polêmica. Ele exibiu a história de um menino, identificado como Felipe.
O sonho do garoto era conhecer o cantor sertanejo Leonardo. No entanto, o menino já conhecia o profissional da música.
O problema é que o garoto meses antes, em outro programa de TV, já tinha feito o encontro com o artista.
Ou seja, seria impossível o apresentador e sua equipe não saberem disso. O tal programa era da TV Globo e o encontro aconteceu durante a ‘Festa do Peão de Barretos’.
Durante o ‘Hora do Faro’, o telespectador foi induzido de que Leonardo e Felipe nunca haviam se encontrado.
A Record fez chamadas dizendo isso e usou o tempo todo no gerador de caracteres que eles se “conheceriam”. A história falsa fez Rodrigo ter a maior audiência dos domingos, desde que estreou nesse dia.
O apresentador marcou 14 pontos de média na grande São Paulo. Cada ponto representa 69 pontos na grande São Paulo. Cada ponto representa cerca de 69 mil domicílios na maior cidade do país. No entanto, Rodrigo saiu com a credibilidade abalada.
Procurado pelo UOL, Rodrigo confessou que sabia que o menino realmente conhecia o seu ídolo, mas deu uma desculpa surreal ao tratar o caso, falando que os dois somente ficaram durante trinta segundos.
Segundo ele, isso não seria conhecer alguém. Isso porque não teria como eles saberem mais sobre um ao outro. Faro ainda disse que durante sua vida como artista teve a oportunidade de estar ao lado de celebridades como Michael Jackson e Madonna.
A desculpa do comunicador não colou.
Os fãs dele não gostarem e o criticaram. Era o caso de Rodrigo dizer que realmente errou e que esse tipo de coisa deveria ser evitado.
O fato de alguém gravar uma reportagem com um artista já significa que eles já se viram, portanto, se conhecem.
Não haveria o menor problema em deixar isso claro. A atração poderia dizer que eles nunca cantaram juntos e que esse também era um desejo do menino. Houve um erro e ele não foi assumido, o que é bem ruim.