O nosso amor é um barato


Logo eu, tão sem vícios, me vi viciada em você. O efeito colateral dessa substância dá um barato maravilhoso que muitos chamam de amor... A minha larica é dos seus beijos e eu preciso cheirar diariamente milhares de carreiras de você. Seu cheiro entra com a velocidade da luz sob meu corpo e causa efeitos antes desconhecidos.

Eu me perco, fico sem ar, quero gritar e dançar loucamente. Quero falar sem parar, rir até chorar e depois curtir a lua e as estrelas com você, formando desenhos no céu, imaginando que somos nós ali, sozinhos naquela imensidão.

Seu amor me dá barato. A boca fica seca, o coração palpita e às vezes acho que ele vai pular de mim quando sei que você está para chegar. 

Amar você me dá um barato tão grande, que faço coisas que estavam internalizadas em mim e eu escondia. Que bobagem a minha! 

O barato que o seu amor me dá, me fez ficar viciada em você. Sou dependente do seu bom dia, do como você está e também do "boa noite amor, eu te amo". 

E o melhor, não preciso usar nada para sentir tudo isso. É de cara lavada, peito aberto e mente sã que grito para o mundo: o nosso amor é mó barato! 

Valeu vida, valeu mundo, valeu destino, valeu amor. A abstinência de você só me faz te amar mais e mais! 

Obrigada por ser o melhor barato que eu já senti na vida.