Talvez eu não saiba entender seu lado tão bem quanto você entende o meu.

Imagem relacionada



Talvez eu não saiba entender seu lado tão bem quanto você entende o meu. Provavelmente eu nunca conseguirei ser alguém tão bom como você é e ao longo do tempo isso acaba sendo meio frustrante. Acabo me decepcionando comigo mesmo ao ver o quão egoísta eu sou. Sou de um ou outro extremo, sou 8 ou 80 como você mesmo insiste em dizer tantas vezes. 

Não sei encontrar esse equilíbrio e eu nem sei ao certo se realmente quero encontrá-lo. Hoje eu vejo que certas manias e certos trejeitos não podem ser perdidos assim tão facilmente, não quando estão tão enraizados em nós. Certas barreiras não se rompem, assim como esses muros levantados não são postos ao chão simplesmente pelo nosso bem querer. E isso me apavora. 

Eu sinto um tremendo medo ao perceber que esse meu jeito pode te afastar e que eu, unicamente eu serei o responsável por esse ruína que seria tão nossa. Não sei brincar de dar o braço a torcer. Não sei me relacionar. Não sei abrir mão de um eu tão defeituoso quanto esse que carrego há mais de duas décadas. 

Talvez eu seja mesmo feito pra ficar sozinho, talvez eu seja de fato feito pra não ser alguém com quem outra pessoa precisa e muito menos queira lidar. Eu não entendo muita coisa em relação a mim, principalmente agora que descobri um novo eu em você.

Bruno Campos (via: brunocamppos)